Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Saudades da genuína adoração

“A esperança que se adia faz adoece, mas o desejo cumprido é árvore de vida”

Que saudades da adoração genuína, de um culto onde a congregação seja levada a adorar a Deus acima de tudo, onde a glória de Deus não é dividida com nada nem ninguém. Onde não havia circunstância, nem obstáculos, onde o orgulho, a vaidade não tinham espaço, onde o rancor e as diferenças com o próximo eram sanadas. Que saudades de sentir o Espírito Santo, literalmente, sondando os corações, curando as feridas, que saudades da consciência do pecado, pois sabíamos como nunca se achegar ao Justificador, ao Rei com o cetro na mão direita, pronto a estendê-la a qualquer que lhe pedisse perdão.
Oh Deus, faça-nos confiantes em tua graça, faça-nos dependentes de Ti, cura-nos, faça-nos rir na Unção da Alegria do Teu Santo Espírito. Encha-nos de amor, e seremos totalmente Teus, Senhor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguir por Email

Pesquisar este blog