Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Meu Amor, Teu silencio

Uma Carta Para Meu Mundo Silencioso

Já tive vários amores: aquele menino que nos seu primeiro dia de aula chorou por estar longe da mãe, meu primeiro amor – ele nunca soube. Outro, que só aprendi a amar de verdade quando o perdi; depois disso filmes de romance eram como os de terror, guardei seu violão, suas cartas de amor. Coração partido, parecia que jorrava sangue a cada lembrança. Não devolvi seus Cds, por não querer olhar nos seus olhos e perceber que todos os planos estavam mortos, ainda lembrava o número de seu telefone, o seu cheiro, cada ponto dos olhos verdes. Depois me acostumei a pensar só em mim, a carregar minhas malas ao viajar, a escrever minha monografia, meus trabalhos acadêmicos no sábado à noite.
Hoje, Rodrigo, você me faz acreditar novamente no amor; você me ensina a cada dia coisas que nunca pensei que aprenderia. Você me ensina a falar com o sorriso, com o olhar. Olhando seus olhos bem de perto, vejo sua alma, e eu não canso de te olhar, procuro fazer graça para ter um segundo do seu sorriso. Sei que falo como quem está apaixonada, mas é isso que estou. Antes eu não queria, pois a paixão, na maioria das vezes resulta em um coração partido; mas resolvi arriscar... vale a pena arriscar. Viver um dia de cada vez, esse é meu segredo para ser feliz com você. Juntar momentos, como que por um vento, sentir teu cheiro; como que por um beijo, sentir arrepios; quando estou com frio, você abre o casaco e me da uma abraço forte e quente, ou por eu não saber como dizer algo, fazer pantomima em praça pública e com isso você me mostrar como dizer e em seguida dar uma gostosa gargalhada. Com você eu aprendi a gostar de filmes legendados, você venceu minha preguiça. Enfim, você me faz feliz Rodrigo; faz eu me pegar pensando em você durante todo o dia. Você me faz bem, por isso eu te amo.
Não sei o que acontecerá amanhá, pois o amanhã pertence a Deus. Mas o que eu te digo sempre quando nos despedimos, digo como verdade: Leia os meus lábios, Te amo ontem, hoje e sempre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguir por Email

Pesquisar este blog