Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Ateísmo Cristão

Bom, estou um pouco sumida, estive passando por algumas “crises de pensamentos”, na verdade desde que comecei a estudar e pesquisar teologia tenho me dado conta que tenho mais dúvidas religiosas e teológicas do que antes, quando comecei. Bom, mas não é sobre as minhas crises que quero escrever, e sim sobre o “Ateísmo Cristão”. É, você deve estar pensando: “que raio de “Ateísmo Cristão” é esse que eu nunca ouvi falar”, bom na verdade esse termo não existia, então tive que criá-lo.
O Ateísmo Cristão, é um termo que não existe, mas que já tem grandes adeptos. Estes adeptos são os “muleques” que surgem hoje, dizendo que são ateus. Estava conversando com um amigo que trabalha comigo, Junior Dias (UCP_Engenharia) é até estranho discutir teologia com um “aspirante” à engenheiro, mas enfim... Chegamos a conclusão de que a maior parte das pessoas, ou melhor, “ateus” que surgem hoje, são na verdade um bando de agnósticos (que não sabem se Deus existe ou não então preferem não tomar partido). Na verdade esse tipo de pessoa quer somente chamar atenção para si. Por que estou dizendo isso? Pelo simples motivo, de que eles não sabem de fato os conceitos pertinentes às ideologias que o ateísmo compete.
Existem pelo menos quatro vias de pensamento religioso (mesmo que você “ateuzinho” não queira admitir), são estes:
-Teísmo: crença em um Deus único, criador de todas as coisas, e que é visto pelos seus adeptos pela ótica pessoal e antropomorfista.
-Panteísmo: crença em que Deus é a própria criação, em toda a criação esta inserido o divino, ou seja, a revelação de Deus está na própria natureza.
-Deísmo: é a crença de que Deus, um Ser cósmico, criou sim o Universo, mas que não compactua com a sua criação, não tem relação nenhuma com a natureza, e nunca teria se revelado para o homem de forma pessoal.
-Ateísmo: crença de que Deus não existe, tudo o que existe é obra do acaso. E que nunca houve uma intervenção divina, simplesmente por que esse divino não existe.
Bom, conceituamos algumas formas de pensamentos, claro que de forma bem superficial. Mas enfim, posto algumas definições, vamos então voltar ao conceito de Ateísmo Cristão.
O Ateísmo Cristão está nas redes sociais, na verdade, o que tem de “muleques” falando um monte de baboseiras em comunidades, fóruns, rede de compartimento de vídeos, não é brincadeira. Não se dão ao trabalham de pesquisar, ou, ao menos de pensar sobre o que escutam. É tudo uma questão de critério, não analisam as informações que recebem. São iguais as pessoas que eles mais odeiam que é o fanático cristão: que ouve tudo e passa adiante, como se fosse uma praga viral ou alguma coisa do tipo. Ou seja, um indivíduo que se comporta como um fanático sem critérios, não é um ateu ou um teísta, mas sim um desinformado, acéfalo.
Não estou dizendo que todos os ateus são assim, sempre digo que admiro qualquer pessoa criteriosa que esta em busca da verdade. Conheço alguns bons ateus, já li algumas literaturas ateístas, procura perguntar um “muleque” que se diz ateu se ele sabe quem é Richard Dawkins eu duvido que ele saberá responder antes de pesquisar no Google.
Depois dizem que os cristãos não gostam de pensar, por favor, leia mais um pouco, se esforce em pesquisar, para depois querer ser polêmico em uma roda de amigos.

O Ministério da Saúde Adverte: Ler esse texto e não tomar uma postura condizente pode causar um retardamento neural.

2 comentários:

  1. Celeste,
    Faltou você falar um pouco sobre o que seja ateísmo cristão, nunca ouvi falar sobre semelhante coisa. Reconheço que o uso que as pessoas dão aos assuntos em redes sociais é medíocre, mas por trás de tudo, existe uma essência que merece atenção. Vou buscar algo sobre isso na net para entender melhor.

    ResponderExcluir
  2. Metaníoa é ótimo assunto. A religião percebida como um instrumento político é bem diferente de quando é percebida como um instrumento de aperfeiçoamento moral. A tendência é que ela seja apreciada preferencialmente pela segunda possibilidade. No entanto, é sob o ponto de vista secular que faço essa reflexão a respeito da origem do cristianismo. Conheça um pouco mais a respeito da maior farsa histórica de todos os tempos. Visite a página do livro A Origem do Cristianismo em Reflexão, no Facebook:
    https://www.facebook.com/aorigemdocristianismoemreflexao?ref_type=bookmark
    E adquira o seu exemplar em:
    http://www.editoramultifoco.com.br/literatura-loja-detalhe.php?idLivro=1702&idProduto=1734
    http://www.editoramultifoco.com.br/loja/

    ResponderExcluir

Seguir por Email

Pesquisar este blog