Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 12 de abril de 2011

O Livro dos Martires - Jonh Foxe

É um livro fantástico encrito por Jonh Foxe, e publicado pela primeira vez em latim em 1559, depois em ingles em 1563. Esse livro expõe as perseguições dos primeiros cristãos como John Wycliffe, John Huss, William Tyndale, Martinho Lutero, Thomas Cranmer, dentre outros que sofreram por algo que acreditaram, essa talvez fosse uma das certezas de que Jesus realmente existiu e é o Cristo, pois o povo romano não estava acostumado a servir a uma religião de forma tão extrema, nenhum livro da Biblia diz que pra ser um bom cristão teria que morrer pela fé em Cristo Jesus, esse "massacre" surgiu fruto da pura fé cristã. Aqueles cristãos começaram a ser perseguido pelos romanos principalmente depois da destruição de Jerusalém em 70 d.C. sua pior e melhor fase foi com o Imperador Nero. Por que digo pior e melhor? Pois nesse período é que as perseguições se intensificaram, o Imperador Nero, já tinha uma veia de Louco, mandou torturar e se os cristãos se negassem a negar a Cristo, posteriormente seriam mortos, visto isso, talvez qualquer um de nós fariamos como Pedro, mas eles não. Entretanto esse período foi concerteza o periodo em que mais a "igreja" cresceu, quanto mais exterminavam os cristão mais eles se multiplicaram. até que em 313 d.C., o Imperador Constantino, oficializou a religião, tornando assim o Cristianismo, a religião oficial do Imperio Romano.
Hoje, quando houvimos que um bom "crente" é aquele que prospera, que tem um ministério abençoado, que anda de avião para pregar em todo o canto do Brasil e do Mundo.
Ora, falando isso estamos anulando a fé e o comprometimento que varios cristãos possuim nos primeiros séculos, será que eram menos crentes do que eu? Será que eles não eram cristãos por que não tinham a carroça do ano?
Eles morreram para que o cristianismo chegasse até a mim e a você, e o que eu tenho feito com isso?


Tenho colocado minha certeza de fé, em carros e cavalos e tenho me esquecido daquilo que a história me ensina:  amar a Deus com todo o meu coração, força e entendimento e amar o meu próximo como a mim mesmo.
Temos acreditado numa verdade parecendo que é mentira e vemos pessoas acreditanto em um mentira parecendo ser verdade.

2 comentários:

  1. Gostei! muito bom! Parabéns! Um Abraço do seu irmão em Cristo Pb. Gidel de Morais

    ResponderExcluir
  2. A paz do Senhor. Parabéns pela postagem e pelo o blog. Que o Senhor possa derramar sobre você e sua caminhada "bençãos que nem sei contar" como diz a música. Como mudei de blog, pois antes eu estava com o blog Ministério Jovens em Cristo, então venho aqui te fazer um convite a nos seguir nesse novo endereço: http://blogdajuholanda.blogspot.com/.Já estou te seguindo. Fica na paz do Senhor. Ju.

    ResponderExcluir

Seguir por Email

Pesquisar este blog